sábado, 2 de novembro de 2013

Vontade




Que vontade eu tenho
de lhe amar…
Eu atravessaria o mar
para poder lhe beijar!
Faria qualquer loucura
para sentir sempre a doçura…
Para poder lhe abraçar
e aos seus ouvidos declamar
os sonhos que vivo a poetar…
Relembrar é um tormento,
mas hoje é o meu prazer…
O remoto é o meu momento,
ele é que me semeia a esperança!
Sim, mais uma vez lhe amar
na aventura de uma desventura...
O meu coração precisa falar
para a emoção ela respirar…
Pode ser apenas uma ilusão
que se tornou uma Estrela da paixão!


Mario Macedo de Almeida