domingo, 10 de novembro de 2013

Caminhos Estranhos



Existem caminhos
Que parecem picadas!
Caminhos estranhos...
Que parecem ter abelhas...
Que carregam favos
De mel, bem azedo!
Com árvores assustadoras
Contudo se vê o Sol
E também a Lua...
Temos que vencê-los
E atravessá-los,
Mesmo estando sozinho.
Não se pode parar
E nem retornar...
Pois as paisagens mudam
Com a fúria do vento,
Da chuva
E do Tempo...
Resta seguir vendo
As Estrelas...
Uma belíssima prova
Que o universo nos pertence!

Mario Macedo de Almeida