segunda-feira, 15 de novembro de 2010



POEMA CAMINHANDO COM FÉ

Ele caminhava,

Sua mente voava...

Vagava pela calçada

Em busca do passado.

Triste era sua passada

Mas não parava...

Seu coração numa balada!

Há esperança desejava

E a escuridão iluminava!

Em fim, ele esperava

E sonhando escapava.

Não tinha medo da ilusão...

Sabia do poder da oração!

E com fé enfrentava...

Não importa o impossível,

Mas sua vitória seria possível!

Estava só, sem ninguém,

Mas Deus era seu alguém...

Por mais que a razão

Você o verbo da realidade

Era mais forte sua oração.

Ele sabe o poder da sua emoção!

Mario Macedo de Almeida