sábado, 1 de março de 2014

Fantasma






Vi rosas nascerem
e depois elas morrerem...
Os seus perfumes ficaram,
mas no tempo se perderam
e as suas raízes elas secaram...
Mas essa rosa é morta viva,
o seu perfume é um sonho!
Que faz o tempo ser ilusão...
Seu fantasma habita o coração!

Mario Macedo de Almeida