sábado, 7 de dezembro de 2013

Fulgurando

Fulgurando


Seu amor me alimenta
Ele me agiganta!
Ele me encanta...
Faz o meu coração
Crescer...
Faz a minha emoção
Transcender...
Eu sinto a chuva molhar...
Eu sinto o sol queimar...
Eu sinto o mundo rodar...
Mas não deixo de lhe amar!
Você está nos segundos
Da minha vida...
Você está nos caminhos
Da minha ultravida...
És uma estrela que toco
Com as minhas mãos!
E o seu brilho me toca,
Ele e pura paixão!
E quando, eu percebo...
Sou seu mancebo,
Quero aprender a lhe amar...
Da maneira que você mais gostar!
Quero ser uma constelação
Para ter você na minha imensidão...
Fulgurando ao lodo do meu coração!


Mario Macedo de Almeida