quinta-feira, 26 de maio de 2011

AUSÊNCIA

Sinto ausência de um amor...

Que seja filho da verdade!

Que seja uma nobre flor...

Que me deseje de verdade!

Que recite o verbo amar

Sem pensar em jamais parar!

Que seja a alma da emoção

E seja mais que uma paixão!

Que deixe de ser um sonho...

Que seja uma linda estrela

Guiando o nosso caminho!

Existe sim, lógico que sim...

O universo não tem fim

E a eternidade está afim!

Uma questão apenas de tempo...

Mario Macedo de Almeida